Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sábado, 26 de novembro de 2016

Você conhece as chaves da magia de Salomão?

Livro de Magia - Grimório
Você conhece as chaves da magia de Salomão?

As magias cerimoniais do grande Sábio e Rei


As Clavículas de Salomão é um dos livros mais enigmáticos de toda a magia do tempo e da história. Segundo a tradição mística, o rei Salomão, foi visitado por um anjo que lhe deu todos os tipos de conhecimentos mágicos, para que pudesse usá-los de forma inteligente, incluindo a capacidade de governar sobre os demônios, o monarca usava para construir seu templo lendário. Quando Solomão viu chegar ao final de seus escritos para deixá-los e compartilhar com seu filho Roboão. Esta foi supostamente a fonte da clavícula (O Testamento de Salomão a seu filho). Mas a maioria dessas obras foram perdidas em um incêndio devastador. Apenas grimórios e citações do Testamento foram salvos. A referência mítica às mágicas "poderes" do monarca é suportado pelo Sutra XXVII do Alcorão, que relata como, quando criança, Salomão aprendeu com seu pai, o rei Davi, a "linguagem dos pássaros", que ele tinha e aprendeu quando era um jovem pastor. E o historiador judaico-romano Flávio Josefo (s. I) refere-se que na sua Antiguidades o rei Solomão como um mago e escritor de obras mágicas, deixou diversos segredos em manuscritos. No entanto, de acordo com muitos estudiosos, a Clavícula  teria autoria  supostamente mágica de Antonio Venetian o rabino, que também é atribuído o Grande Grimoire. Em qualquer caso, o rabino afirmou que teria escrito a peça baseada em textos autógrafos do próprio rei Salomão . Ao longo do tempo, estes textos foram copiados em pergaminhos apropriados para se esconder entre as cortinas e assegurar a sua circulação prolificamente nas dimensões. Mas a Inquisição conseguiu  localizar e gravar muitos deles e apenas deixou grimorios, conservados, exceto em algumas grandes bibliotecas. 

Focado neste estudo, Carlinhos Lima, autor da Umbanda Astrológica, fez uma releitura especial das chaves mágicas do Rei Salomão, trazendo uma belíssima edição das Magias Cerimoniais do Rei. Compre o seu exemplar e conheça mais sobre as chaves, pantáculos e signos da magia do Rei Salomão! Compre o seu no link abaixo:


 

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Mata de São João, Bahia: Imbassaí recebe ‘Encontro de Culturas do Mundo’ em janeiro de 2017

  ‘Encontro de Culturas do Mundo’ em janeiro de 2017
As Baianas do Terreiro Oyá Denã participarão do evento | Foto: Divulgação

Pela cultura

O distrito de Imbassaí, no município de Mata de São João, receberá no próximo mês de janeiro o “Encontro de Culturas do Mundo”. O evento propiciará uma série de atividades, entre elas fóruns sobre temas ligados à cultura e visibilidade para grupos e povos que vivem em conflito. A principal novidade é o “Encontro Multiétnico”, que reunirá sete etnias indígenas nos dias 20, 21 e 22 de janeiro para compartilhar experiências entre si e com o público, no Espaço Cultural Tangará Mirim. A programação será composta por oficinas, exposições e exibição de filmes com proposta de debater questões relacionadas à causa indígena. O evento contará ainda com a exposição “Guarani Kaiowá: Imagens de quando a coragem recusa a humilhação”, do fotógrafo Rogério Ferrari. Já no Encontro de “Músicas e Danças do Mundo”, que acontece entre 25 e 29 de janeiro, contará com presenças internacionais e locais, como as Baianas do Terreiro Oyá Denã, de Camaçari, e o Grupo de Músicas e Danças de São Gonçalo, de Santa Brígida. Maiores informações podem ser obtidas através números (11) 3071-3842 e (71) 98130-0990, além do e-mail: dancandopelapaz@ceuaum.org.br.

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Dia da Baiana é celebrado durante campanha pelo fim da violência contra a mulher

  fim da violência contra a mulher
Dia da Baiana é celebrado durante campanha pelo fim da violência contra a mulher

A data 25 de novembro terá duas importantes celebrações ligadas a mulheres da Bahia: o Dia da Baiana de Acarajé e o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher. Para celebrar as datas, a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA) e a Associação Nacional das Baianas de Acarajé (ABAM) realizarão nesta sexta-feira (25), a partir das 9h, na Igreja do Rosário dos Pretos, no Pelourinho, uma ação alusiva à campanha dos 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher. No local, será realizada a missa das Baianas e haverá distribuição de material informativo sobre feminismo negro e sobre a campanha. A Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, estará na ação. A campanha é uma mobilização mundial, que acontece anualmente, realizada entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro, e que no Brasil, tem início antecipado para 20 de novembro - Dia da Consciência Negra, configurando os 21 Dias de Ativismo, e consiste na luta pelo enfrentamento à violência contra as mulheres.

domingo, 20 de novembro de 2016

Homens podem incorporar Pombagiras?

 Pombagiras
Homens podem incorporar Pombagiras?

Mediunidade, iniciação e ritos

Devemos lembrar que os Guias são nossos amigos e desta maneira não é do interesse deles nos criar problemas em nossa caminhada. Deste modo a entidade feminina de modo algum irá entrar em demanda por causa dessa orientação. A incorporação de um Guia por um médium na Umbanda caracteriza pela manifestação acentuada do estilo da personalidade da Entidade.

Tenho em vista que as características de uma Bombo gira tem nuances bem femininas, para não se criar situações constrangedoras para o médium (homem) o mais indicado é que a orientação do Zelador seja que a entidade feminina trabalhe ao lado do Exu, assim evita-se maiores problemas. Essa seria a forma mais correta de se trabalhar a mediunidade.

Da mesma forma uma mulher não deveria incorporar Exu! Muitos liberais dizem que sexualidade não tem nada haver com sexualidade, mas, tem sim! Se somos divididos pela sexualidade na forma carnaval, há também uma correlação no mundo espiritual. Além do mais quando se trabalha a mediunidade com incorporações, não devemos nunca deixar de lado o conceito dos arquétipos.

Assim temos que observar afinidades! Para um homossexual, que tem seu lado feminino mais aflorado, assimilar as energias seria bem mais fácil. E não adianta vir falar em preconceito, não tem nada haver. Vemos que até mesmo na Bíblia tem que ter distinções. E não é só porque a história hebraica é machista não, pois, no mundo da magia nos deparamos com tantas aberrações, castigos e desequilíbrios, justamente porque idiotas misturam tudo com tudo.

Não há necessidade de uma mulher incorporar Exu! Se ela trabalha num terreiro, certamente há algum membro que poderá passar a mensagem dessa entidade. E se incorporar Pombagira ela vai passar o recado do povo da rua, da mesma forma. Chega de vêr Pombagira como Egun ou Kiumba, essas são acessadas somente por feiticeiros inescrupulosos, médium iniciado, entra em contato com Guardiões.

Temos mulheres que recebem orixás masculinos, como vemos em geral no Candomblé, quando sacerdotes se dizem filhas de Ogum, Oxóssi ou outro orixá masculino. Mas, é porque ignoram o par vibracional e não quer dizer que ela tenha que incorporá-lo. Porque cargas d'àgua uma mulher precisa incorporar um Exu, ou um homem uma Pombagira? Só se precisarem trabalhar a sexualidade ou o inconsciente se esse for turbulento ou vicioso!

Sem essa de "soltar a franga" a espiritualidade não precisa de pirotecnia! Eu sei que vão dizer 'conheço muito pai de santo que recebe e não é gay"! Será? Já vi muitos que para não liberar a homossexualidade, direcionava a energia para o adultério, se envolvendo principalmente com as casadas do terreiro, forma de descarregar energias e nem percebia isso. Só que não ficam muito tempo com ninguém e são péssimos amantes!

Uma das nossas principais missões é trabalhar e equilibrar a sexualidade, não pense que sexo destoa da busca espiritual não! Veja a historia dos mártires, são todas ligadas a esse tema. Sempre como recusa, como pessoas muito tentadas, provadas e que venceram as tentações, mas, tiveram que rejeitar este "cálice" do "pecado"!

Mulher que trabalha com entidades masculinas, não vai virar "mulher/macho", mas, certamente estão ignorando sua real essência feminina. A mesma coisa no homem! Se tem Exu e Pombagira, porque ele tem que receber Pombagira? Ele poderá descarregar através de Exu!

E se por acaso, o equilíbrio carmico, astral e espiritual, exige essa incorporação, não há necessidade de um homem vestir roupas de mulher, ou mulher que recebe Exu ter que vestir roupa de homem. A magia exige vestes sacerdotais e não apresentações teatrais. Não pense que os magos antigos pra receberem uma entidade, teriam que se caracterizar conforme cada uma delas! Se um profeta entrava em contato com um anjo, ele não tinha que colocar vários pares de asas, se este fosse um Querubim! Tudo isso é apenas modismo, confusão e pirotecnia. A manifestação mediúnica não precisa de teatralidade, é manifestada pela energia. A entidade sabe que envia fluidos, não precisa de interpretação de cena! Faça-me o favor! Veste-se roupas dos orixás,mais por uma questão de apresentação em respeito aos deuses, mas, eles incorporam sem precisar disso quando quiserem.

Será que daqui a 4 mil anos, um terreiro terá que ter um pai de santo com as mesmas vestimentas que se usa hoje? Claro que não! O universo evolui conforme a vida e a existente evolui. E a religião também vai evoluindo, afinal a principal meta é a evolução. Até a Bíblia algum dia vai ficar ultrapassada, quando a essas historinhas que líderes religiosos contam pra engambelar as pessoas. Tudo no mundo fica ultrapassado. Só não se perderá no tempo, os conceitos referentes a moral, a ética e ao amor. No resto, sobre comportamento de Abraão, no que se referia as praticas de milênios atrás, faça-me o favor! Será que festa de Umbanda será pra sempre com batuques e cantos de pretos? Claro que não! Vemos que entre os cristãos, os carismáticos hoje já se adaptam a nossa realidade. Então porque a Umbanda tem que ficar parada no tempo? Se liga! A tradição tem que ser respeitada, mas, no caráter, nos bons costumes e não no modismo!

Não podemos generalizar dizendo que se não houver roupagens não há entidade, e também se houver em demasia, que há embuste ou frescura do médium. Ai é que adentra o suporte que o dirigente pode vir a dar em um caso decorrente deste, fazendo uma analise aguçada, com razão, sem perder a essência da manifestação.

Homem recebe entidade feminina e não precisa falar fino e com trejeitos femininos. Não é carnaval e nem baile a fantasia. Afinal é a entidade que muda a voz e faz trejeitos ou o médium. No caso do tópico tenho médiuns masculinos que recebem pombo-gira e só se vai descobrir quando pergunta o nome da entidade e a vice-versa também é verdadeira. Entretanto o que se mais vê são homens recebendo pombo-giras e se aproveitam para também abichalhar, dando vazão a sua sexualidade. Entidade é entidade e médium é médium.

Esse é um assunto polêmico, até porque nós brasileiros somos um povo que não gostamos quando se fala das coisas deturpadas. As pessoas não gostam de criticas. Se acostumaram com o tal "jeitinho" e não gostam que se toque o 'dedo na ferida", mas, o certo é que em se tratando de busca espiritual temos que implementar correções! Essa historia é complicada, especialmente nos fóruns, ficam todos cheios de raiva, alegam logo preconceito. Na verdade é que há décadas vem se doutrinando errado, no boca a boca, sem os fundamentos esotéricos. Não há necessidade de se colocar entidades femininas de frente, em homens, nem masculinas em mulheres. Aliás, sabemos que não há necessidade de tantas entidades falarem, basta o protetor que é a real entidade de frente se pronunciar! Mas, acontece que muitos pais de santo pra tentar passar uma imagem de "médium poderoso" que se comunica com vários espíritos, criou esses costumes deturpados.

Também não venham com essa historia de que magia e energia é neutra! No universo, temos forças boas e más, temos também distintos nos raios vibracionais o feminino e masculino, se nascemos com determinado sexo, é por vontade da força criadora que nos gerou. Não tentam enrolar a ancestralidade com essa historia que "espírito não tem sexo". Quando Jesus se referiu dessa forma aos anjos, ele quis na verdade dizer que lá no céu não havia a malícia que temos aqui. Até porque não há lá a necessidade de procriar, mas, não quer dizer que as entidades não tenha seu raio masculino ou feminino. Percebam que Deus na Bíblia sempre se apresentou como entidade masculina. E não venham com historinhas celtas ou de outras deusas, que tudo isso é muito mito e pouca revelação.

Meus livros de magia astrológica, sexual e ritualística - compre o seu: (Clique aqui)

A ação das Pombagiras

  Pombagiras
A ação das Pombagiras

Pombas Gira atuam: 


• Nas descargas pa­ra neutralizar cor­rentes de elementa­res/elementais vam­pi­rizantes, bem conhecidos como sú­cu­bus e íncubos, que atuam negati­va­men­te, por meio do sexo, fazendo de suas ví­timas verdadeiros escravos das distor­ções sensuais.

• Cortando trabalhos de magia sexual negativa e as ditas “amarrações”, pois ninguém deve se ligar a ninguém a força. Isto é considerado pelos tribu­na­is do astral como desvio de carma e as sanções para aqueles que realizam tais trabalhos são as mais sérias possíveis.

• Cortando trabalhos de magia negra, pois não é permitido pela Lei Divina que as pessoas ou espíritos possam fazer o que bem entenderem, ainda mais ferindo o Livre Arbítrio alheio.

• Neutralizando correntes e trabalhos feitos para desmanchar casamentos.

• Trabalham incansavelmente no combate as hostes infernais, quando estas procuram atingir injustamente quem não merece.

• Trabalham no combate das vicia­ções que escravizam os médiuns, protegendo-os das investidas do baixo astral, quando se fazem merecedores.

• Fazem à proteção dos Templos onde habita a Espiritualidade Maior, principalmente onde se pautam pelo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

• Combatem a leviandade, promovendo a firmeza que trás o respeito através do poder da palavra. Tais atributos e a harmonia de seus efeitos combinados, trazem a serenidade mental, onde os Sagrados Orixás atuam, pois quem não sabe o que pensa, não sabe o que diz.

• Trabalham incansavelmente fazendo de um tudo para que seus médiuns possam galgar graus consciências luminosos perante a espiritualidade maior, equilibrando-os, auxiliando-os, mas jamais são coniventes com os desmandos de seus pupilos, corrigindo-os, às vezes, implacavelmente, para que possam enxergar seus erros e retomarem a senda da Luz.

• As Guardiãs Pomba Giras, como entidades de trabalho, não são e nunca foram espíritos lascivos, tenebrosos, viciados, atrasados e maldosos, como muitos querem doutrinar.

• As Guardiãs Pomba Giras atuam no combate aos quiumbas (na medida do possível ajudando-os a evoluir) e no combate das energias desvairadas.

Foto do dia: Giovanna Lancellotti homenageia Iemanjá e mostrou corpão

Fé e espiritualidade
Giovanna Lancellotti (Foto: Instagram / Reprodução)

Recordação de 2/2/2015 - 'Que ela leve com a chuva de hoje todas as impurezas. Rainha do mar', escreveu a atriz na legenda da foto publicada em seu Instagram.


Giovanna Lancellotti também usou seu perfil do Instagram nesta  para homenagear Iemanjá. A atriz publicou uma foto na qual aparece de biquíni mostrando o corpão e com uma imagem da rainha do mar ao fundo. "Salve Iemanjá! Que ela leve com a chuva de hoje todas as impurezas ! #odoya #rainhadomar", escreveu a atriz. Era comemorado o dia de Iemanjá, a rainha do mar. Outros famosos também prestaram suas homenagens. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores