Total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Em defesa da Umbanda: Vamos tirar as sujeiras do culto afrobrasileiro e cultuar com decente respeito aos orixás

 cultuar com decente respeito aos orixás
Em defesa da Umbanda: Vamos tirar as sujeiras do culto afrobrasileiro e cultuar com decente respeito aos orixás

Vamos parar de sujar as matas, rios, cemitérios e ruas


Esses dias, estive vendo na TV na madrugada programas de demagogos de igrejas sensacionalistas, que supostamente estariam pregando o Evangelho, mas, que apenas tentam usar uma retórica falsa e enganadora. Nesses programas, o tema na grande maioria são os cultos afro-brasileiros. Uma mulher, se dizendo "ex-Mãe de Santo", mostrando cenas de despachos e dizendo os males que eles causam e pra que eram usados. Bem, pra começar, se ela realmente fazia como dizia, era mesmo uma falsa mãe de santo que só pensava no dinheiro e agora a entrar numa nova seita, continua pensando apenas em bens materiais, pois é apenas isso que leva as pessoas a entrarem nesses templos de demagogia. 

Mas, estou tocando nesse assunto, não pelos pregadores demagogos que todo mundo já conhece suas práticas. Quero puxar este assunto aqui por causa da forma que as pessoas tem operado os cultos afro-brasileiro no Brasil, uma sujeira e falta de decência que só nos envergonha. Tudo aquilo que os programas evangélicos mostram na TV, é realmente intolerância e ataque a outra religião, que no caso é a Umbanda e o Candomblé, mas, não podemos deixar de notar, que boa parte do que eles falam, é realmente um absurdo. Ficamos triste ao perceber que as pessoas, mesmo com o passar de décadas ainda não entendeu o que é orixá e suas mensagens. 

Eu acho totalmente absurda essa forma de viver sujando a cidade, vendendo ilusões e feitiços infundados. Pessoas que se trajam de pais e mães de santo, pra vender macumbas e arrancar o dinheiro das pessoas.  Essas pessoas não entendem que Umbanda e Candomblé não e isso. Pessoas que querem viver de vender magias, sem trabalhar e apenas vendendo ilusões. Em parte, a culpa é das pessoas mesquinhas e sem escrúpulos que vão a esses lugares, apenas pra querer conquistar seus desejos egoístas e sórdidos, sem se importar com ética, moral e decência. Mas, um verdadeiro mestre, não vende ilusões e nem desrespeita os ancestrais.  As pessoas tem a mania de só ir atrás de ajuda espiritual, quando estão tomadas por ódio, por medo e por desejos obscenos, dai não importa o que seja feito, apenas pagam pra conseguir seus intentos egoístas. 

A grande maioria não busca a religião por fé, apenas querem soluções mágicas pra seus desejos sórdidos e vergonhosos - atacar rivais, roubar a mulher de outro, tomar o marido da amiga, querer o que não lhe pertence e viver numa vida de luxuria. Assim temos os que estão dispostos a paga o que for preciso pelo mal e de outro lado, os que estão dispostos a vender o que for preciso pra lucrar com o que não entendem. Em grandes cidades, como por exemplo, nos grandes centros do Sudeste, pregou-se uma mania desrespeitosa de viverem dentro dos cemitérios, sujando tudo e incomodando os mortos. E ai está a queda da Umbanda no Brasil, pois confundem orixá com alma penada e pensam que Umbanda é mais necromância que culto ao ancestral. E as federações que deveriam ter o papel de fiscalizar esse tidpo de ato vergonhoso, se cala, pois querem apenas ter lucro. 

Tem sim linha do cemitério, como tem a encruzilhada e obrigação de fazer oferenda Mas, isso é feito quando o orixá pede, alguma vez na vida, quando os odus se mostram com tal obrigada configuração. Não é pra viver dentro de cemitério, incomodando os mortos e invocando o que não conhece, só pra vender feitiços. Cemitério é lugar pra irmos quando não podemos mais evitar Parem de incomodar os mortos, de sujar a cidade e de vender ilusões! Ficar acendendo velas em túmulos e jogando farofa em cova de defunto traz mais azar que sorte. 

Ninguém entende esse povo! Uma hora são todos cristãos, só vestem branco, com suas casas cheias de flores e papo de Bíblia, tornaram os orixás todos evangelizados, mas, de outro, vivem como necromantes nos cemitérios incomodando os mortos. Vamos respeitar os ancestrais. Deixem os mortos descansar em paz. Tem coisas mais importante que viver em cemitério pedindo coisas que nem em vida aquelas pobres almas podiam fazer. Morto não pode fazer nenhum milagre por nós. Parem de ver a Umbanda como um exercito de desencarnados, com Caboclo fulano que foi sicrano em vida passada, pai fulano de tal que fica pedindo cachaça ou mãe sicrana que fica pedindo farofa. Chegou a hora de crescer pessoal, Parem de diminuir a Umbanda, vamos elevar a liturgia, parem de pirotecnia e tanta necromancia! Orixá Menor, guia e protetores, não precisa de cachaça, charuto ou qualquer coisa material, eles estão desencarnados não precisa de nada desse tipo. As oferendas e rituais tem sua importância no tempo certo, quando eles pedem e quanto é preciso. Não tem que tá rodando toda semana numa gira com pirotecnia e sujando a cidade! Vamos ver o orixá como ele realmente é, uma vibração, cósmica e ancestral, não um espírito de morto. Não é porque o cara morreu que ele virou uma potência de magia e saber. O orixá, tem diversas etapas à frente, não está preso a cemitério e nem lugares sombrios, vem da Aruando ou dimensões mais elevadas. Não se prendam a costumes aborígenes e ultrapassados, que as pessoas mesclaram a Umbanda. Chega de envergonhar os orixás... E sem esse papo de querer tornar Zé Pilintra o maior guia da Umbanda, que uma hora é "encantado" outra hora é kiumba, Exu, Guia, "mestre"... sei lá. É só uma entidade inventada por quimbandeiros e catimbozeiros, especialmente no Sudeste, não troquem entidades forjadas pelo jeitinho brasileiro pelos orixás ancestrais. A maior piada que vi na história da Umbanda, foi que dois sacerdotes, foram parar nos tribunais por causa de Zé Pilintra. E por incrível que parece o próprio que atacava Zé Pilintra hoje trabalha com ele. Bem que trabalhe, que ache que seja necessário, mas, não torne isso numa cisma. Se acham que ele é "doutor", malandro, encantado ou mestre - ou que é sábio e mágico, tudo bem, que sigam, só não queiram ditar regras e criar escolas em coisas superficiais.

Eu sei que as pessoas fingem que não entendem e as práticas sujas, vão continuar mas, os que buscam a luz, sempre se sentirão tocados, pois sabem no fundo da alma e da consciência que certos tipos de atitude que temos hoje em dia, dão margem as igrejas da moda atacarem a Umbanda e o Candomblé! Parem com isso, parem de incomodar os mortos. Melhor culturar os orixás que ficarem de cemitério em cemitério desrespeitando os desencarnados. Não precisam fazer giras todo dia, incorporar toda hora e não é apenas de incorporação que vive o culto aos orixás, aliás é a parte menos importante. Incorporação ficou pra gente de outorga, balbalaôs e pra falar com os deuses e não pra vender macumbas...

Há por exemplo, uma duvida que podemos ter inkices na Umbanda? Claro que podemos. A Umbanda sintetiza tudo, é melhor ter um ancestral inkice, do que ficar fazendo pirotecnia e necromancia. Ficar inventando linha do oriente pra colocar meio mundo de guia inventado. Vamos ter mais coerência...
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Seguidores

Seguir por Email

Seguidores

Marcadores

orixás (254) magia (250) espiritualidade (180) astrologia (161) (149) Umbanda (112) amor (109) umbanda astrológica (102) CONCEITOS (96) sexo (95) Umbanda-Astrologica (93) signos (91) religião (77) previsões (70) mulher (67) exu (63) conceito (58) pesquisas (58) 2016 (56) anjos (54) signo (51) carma (50) comportamento (50) destino (49) astral (48) candomblé (47) mediunidade (47) pombagira (47) Cabala (44) rituais (42) UMBANDA ASTROLOGICA (40) Astrofísica (38) poder (34) CONCEITOS DE UMBANDA - ASTROLOGICA (33) ancestrais (30) arcanos (30) Livro (29) sucesso (29) espaço (28) fé religião (27) oxumaré (26) pesquisa (26) busca (25) comprendendo o simbolismo (25) odus (25) sorte (25) estudos (24) oxum (24) Ogum (23) desejo (23) deus (23) magia sexual (23) PESQUSAS DE UMBANDA ASTROLOGICA (22) pombagiras (22) vida (22) ifá (21) proteção (21) anjo (20) horóscopo (20) protetores (20) orixas (19) sexualidade (19) Umbanda-Astrologiaca (18) baralho (18) energia (18) magos (18) oxalá (18) Iansã (17) 2014 (16) Caminhos da fé (16) INICIAÇÃO (16) Obaluaê (16) Saturno (16) UMBANDA ASTROLOGICA E MAGIA (16) astros (16) brasil (16) sagrado (16) Comportamento na vida (15) ano (15) atriz (15) axé (15) jesus (15) livro de umbanda astrológica (15) mapa astral (15) CONCEITOS DE UMBANDA (14) Lua (14) Omulú (14) Xangô (14) carma sexual (14) dinheiro (14) oráculos (14) terra (14) magia negra (13) odús (13) vibrações (13) Guias (12) Júpiter (12) Yorimá (12) linhas (12) ritual (12) 12 signos (11) Marte (11) Orumilá-Ifá (11) caminhos (11) mapa astrológico (11) nova era (11) paixão (11) Estudo (10) REENCARNAÇÃO (10) bem estar (10) conhecimento (10) céu (10) história (10) numerologia (10) oração (10) planeta (10) Astrônomos (9) Horóscopo Chinês (9) OFERENDA (9) OS SENHORES DO DESTINO (9) anjo da guarda (9) clavículas de Salomão (9) estrela (9) poderes (9) umbanda-astrológica (9) vibração (9) 72 anjos (8) Caboclos (8) ciclos (8) ciência (8) cães (8) luz (8) mestres (8) oraculo (8) pemba (8) Astronomia (7) CATIMBÓ (7) Era de Aquário (7) Macaco de Fogo (7) busca espiritual (7) cientistas (7) cosmos (7) dons (7) homem (7) missão (7) obsessão (7) solidão (7) agente do carma (6) arcanjos (6) astrólogos (6) chacras (6) essência (6) Câncer (5) EXU GUARDIAO (5) Escorpião (5) Mitologia (5) amarração (5) esquerda (5) feitiço (5) misterios (5) Linha do Destino (4) advinhação (4) ebós (4) era de Aquario (4) macumba (4) mapa astrologico (2)