Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

domingo, 19 de março de 2017

Religião e espiritualidade: Quais são os sete líderes do Inferno, segundo a demonologia?

ILUSTRAS André Toma - ESSA MATÉRIA FAZ PARTE DA REPORTAGEM O UNIVERSO DOS ANJOS E DEMÔNIOS.

Segundo teorias demonologistas, estes são os líderes do Inferno (e causadores dos sete pecados capitais)



 As ilustrações desta matéria são inspiradas na obra Dicttionaire Infernal, publicada em 1818, e que traz descrições e desenhos de 69 demônios.

Belzebu

Em 1589, o teólogo e bispo alemão Peter Binsfield associou cada demônio a um pecado. Este aqui causaria a gula. Sua imagem veio do deus da fertilidade Baal, idolatrado pelos cananeus, mas considerado um falso ídolo pelos cristãos. Textos de 1613 do inquisidor francês Sebastien Michaelis, porém, o consideram a origem do orgulho.


Mamon

O nome é aramaico e significa “riqueza”. Não por acaso, Binsfield o remete à avareza. Aparece em dois Evangelhos, de Lucas e Mateus. Neste último, é citado no versículo “Você não pode servir a Deus e a Mamon”, também traduzido, algumas vezes, como “Você não pode servir a Deus e ao dinheiro”. Não é mencionado por Michaelis.

Azazel

Binsfield dizia que esse era o líder de um grupo de anjos caídos que faziam sexo com mulheres mortais. Foi ele quem teria ensinado aos homens como fabricar armas de guerra – por isso, está ligado à ira. Michaelis discorda: ele propõe que esse pecado era causado pelo ex-príncipe dos querubins Baalberith, que transformava homens em assassinos.

Lúcifer

Para Binsfield, Lúcifer era o orgulho, já que foi sua soberba perante Deus que causou sua desgraça. Segundo Michaelis, ele seria também o líder da “primeira esfera” do inferno, reservada a ex-querubins, serafins e tronos. (Belzebu seria seu braço direito e segundo em comando).

Asmodeus

É um espírito do mal cuja origem, na verdade, remete a uma religião persa chamada zoroastrismo. Ele foi absorvido pelo judaísmo, que o associa ao rei de Sodoma (aquela cidade bíblica cheia de exageros sexuais, destruída por Deus no Velho Testamento). Daí sua conexão com a luxúria. Também é um ex-serafim.

Leviatã

Também um ex-serafim, é um dos capetas mais poderosos, responsável por fazer os homens tornarem-se hereges. Habita o fundo do mar, é mencionado na Bíblia e tem várias aparências: dragão marinho, serpente, baleia e até crocodilo. Binsfield afirma que ele promove inveja e leva à obsessão pelos bens materiais.

Belfegor

Extraído da mitologia assíria. Ele teria uma aparência atlética, grande estatura e chifres de carneiro. Seus inventos engenhosos trariam riqueza fácil aos homens, tornando-os vítimas da preguiça. Na análise de Michaelis, porém, esse vício seria causado por outra criatura maligna, Astaroth, ex-membro da classe dos tronos.
AS OUTRAS ESFERAS
Conheça os habitantes dos setores restantes

Para Michaelis, a segunda esfera pertencia aos demônios que, um dia, foram virtudes, dominações ou potestades. Entre eles:
– Carreau: endurece o coração dos homens
– Carnivean: provoca a obscenidade
– Belias: torna as mulheres vaidosas
– Oeillet: causa violações nos votos de pobreza
Na terceira esfera ficam ex-principados, arcanjos e anjos:
– Olivier: ligado à crueldade
– Luvart: faz os humanos adorarem outros deuses

CONSULTORIA Volney Berkenbrock, doutor em teologia pela Universidade de Bonn, na Alemanha, e professor de pós-graduação em ciência da religião da Universidade Federal de Juiz de Fora, e Gary E. Gilley, doutor em teologia pela Universidade de Cambridge
FONTES Livro Satã – Uma Biografia, de Henry Ansgar Kelly, documentários Satanás, Príncipe das Trevas e Portões para o Inferno e tese acadêmica Speak of the Devil: A Brief Look at the History and Origins of Iconography of the Devil from Antiquity to the Renaissance, de Eric Williams
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores